Monumento à Revolução de 25 de Abril no Parque Eduardo VII – Lisboa | Portugal

O Monumento à Revolução de 25 de Abril, de João Cutileiro, comemora o dia da Revolução dos Cravos de 1974, que pôs fim a anos de ditadura em Portugal. A revolução deu início a mudanças económicas, demográficas, sociais e territoriais significativas em Portugal e nas suas colónias ultramarinas. A ditadura foi abolida em favor da democracia e, como resultado, trouxe também a independência política aos países: Guiné Portuguesa, Cabo Verde, Moçambique, São Tomé, e Príncipe, Angola em África, e Timor Leste no Sudeste Asiático.

 

Porque é que esta revolução tira o seu nome dos cravos? Bem, o que nós admiramos neste país é a forma pacífica como alguns acontecimentos podem acontecer ali. Quase nenhum tiro foi disparado em qualquer direcção durante esta revolução. No entanto, após o derrube do ditador, o povo começou a espetar cravos nos barris das armas e dos uniformes dos soldados que participaram na revolução.

 

Hoje em dia, Lisboa é talvez mais conhecida pela ponte “25 de Abril”. No entanto, se estiver perto da Avenida Liberdade e do Parque Eduardo VII, não se esqueça de visitar o Monumento à Revolução de 25 de Abril. Ao pôr-do-sol, com a bandeira portuguesa hasteada, causa realmente uma grande impressão.

Nico Trinkhaus

Nico Trinkhaus

Nico Trinkhaus is the mind-blind photographer, using cameras to create visions and memories that otherwise would be lost to him.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nico Trinkhaus
Photography

Blogger, looking for photos?

You may qualify for a free license