Stanislaw Staszic Câmara – Olha para cima! | Wieliczka Salt Mine, Polónia

A Mina de Sal de Wieliczka deve constar da sua lista quando tiver um dia chuvoso em Cracóvia. A mina é simplesmente estonteante. Há 300 km cheios de estátuas, artes e capelas em 9 níveis que foram construídas ao longo dos últimos 700 anos. É a mais antiga mina de sal do seu género na Europa e, desde 1978, está legitimamente entre os primeiros locais do Património Mundial da UNESCO.

Devido a isso, a mina de sal é muito popular entre os turistas e não há outra forma senão atravessar a mina num grupo ao longo dos caminhos turísticos. Tudo isto numa velocidade em que raramente se tem tempo suficiente para tomar boas fotografias, mesmo com a configuração ISO400. Além disso, a minha estratégia habitual de recuar atrás do grupo não funcionou, uma vez que o próximo estava quase mesmo atrás de nós.

No entanto, consegui tirar boas fotografias. E ao tomar esta, não tive qualquer pressão de tempo, pois estava no final da digressão. Por favor note: Esta sala, a Câmara Staszic de Stanislaw, fica aproximadamente 130m (420ft) sob a cidade Wieliczka. Como estava ali de pé, esqueci-me completamente de que estou debaixo da terra. À sua volta encontram-se máquinas de bebidas, lojas de presentes e um museu. Mas se olhar para cima, vê que está numa caverna com 36m de altura. Não faço ideia de como construíram isso, mas bem, tiveram 700 anos para o fazer. Conseguem imaginar que esta câmara foi o anfitrião do primeiro voo de balão subterrâneo, bem como do primeiro bungee jump subterrâneo?

Detalhes técnicos

Câmara fotográfica: Canon EOS 500D
Lente: Canon EF-S 10-22mm @ 10mm
ISO: 400
Exposições: 3 (-2, 0, +2)
Abertura: 3.5
Tempo de exposição (meio): 0.7s
Tripé: Manfrotto 190CXPRO4

Localização: Na Câmara Stanislaw Staszic da Mina de Sal de Wieliczka

Software: Lightroom 4.3, Photoshop CS6, Photomatix Pro

Produção: Apesar de ter tido tempo suficiente na Câmara de Stanislaw Staszic para capturar a cena, esta foto foi tirada na ISO 400. A razão disso é que simplesmente me esqueci de a ajustar, pois estava com tanta pressa durante todo o percurso através da mina de sal.

Quando decidi como emoldurar a cena, quis mostrar a profundidade do local. Não queria nenhuma dessas informações turísticas perturbadoras, por isso apontei a câmara apenas o suficiente para esconder todas elas.

No pós-processamento, não fiz nenhuma correcção da lente, apesar de ter sido filmada a 10mm. Pelo contrário, decidi deixar essas linhas convergentes na forma como a lente as capturou, pois todas elas deslocam o foco para a luz no meio. Aumentei então este efeito, ajustando a luz dentro da fotografia.

A mina de sal de Wieliczka faz parte do Património Mundial da UNESCO

A mina de sal de Wieliczka faz parte do Património Mundial da UNESCO desde 1978 como Minas de Sal Wieliczka e Bochnia Royal Salt. Esteve entre os primeiros 12 sítios inscritos como Património Mundial.

» Descrição UNESCO do Património Mundial: Wieliczka e Bochnia Royal Salt Mines
» O sítio web oficial de informação com uma incrível visita interactiva em linha: Wieliczka-Saltmine.com
———————

——-

——————————

Lisandra Correia

Lisandra Correia

More photos to discover:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nico Trinkhaus Portrait

Nico Trinkhaus
Photography

Do you like what you see?

Most of our photos are available as Fine Art Prints and can be licensed for business use. Contact us!